Cidadania Italiana no Brasil

Cidadania Italiana no Brasil.

A atribuição da nacionalidade, em todos os países é regida por Leis. No caso italiano fora eleito o direito de sangue (jus sanguinis). Será considerado italiano quem possui ascendência italiana, independentemente do país em que nasce. Ressalte-se que tal reconhecimento não implica a perda da cidadania brasileira por parte do requerente.

O requerente ficará com ambas: brasileira e italiana, nos termos da Constituição Brasileira, artigo 12, § 4º, II, letra “a” (inciso II com redação dada pela Emenda Constitucional de Revisão n.º 03, de 07/6/94).

Atuais Convocações do Consulado Italiano de Belo Horizonte

Os convocados atualmente são aqueles pretendentes a cidadania italiana que se inscreveram na fila em 2013, 2014 e 2015 e que totalizam 1.482 pessoas devendo entregar a documentação entre abril de 2018 e outubro de 2018.

Segundo a fonte Revista INSIEME, Nº 226, de dezembro de 2017, nos quatro últimos anos (2014, 2015, 2016 e 20117) o consulado reconheceu 2.763 cidadanias dos inscritos na fila em um total de aproximadamente 24.000 pessoas. O ano que mais cidadanias foram reconhecidas foi o ano de 2016 com a marca recorde de 1.004 cidadanias.

A próxima convocação será a dos inscritos na fila nos anos de 2016 e 2017. O número total de pessoas inscritas nesse período é de 5.229. Essa convocação está prevista para início em outubro de 2018. Neste caso são 5.229 pessoas, que se inscreveram nos últimos 2 anos e estão atentas às convocações, iniciarão a entrega da documentação pronta em outubro/2018 sem data para término, como explicitado no site.

O nosso Escritório de Belo Horizonte/MG prestará ao constituinte, todos os procedimentos constitucionais e administrativos necessários, para a aquisição da documentação necessária para instruir o processo de Cidadania Italiana ius sanguinis

 

 
agendarvisita
 

Parceiros

brasita        comites       acibra 1       consola        oabmg        parlalavvocato


Daniel Moysés - Desenvolvimento Web